Cuidados Com a Saúde do Homem

Mais e mais pesquisas mostram que a saúde, mais do que a genética, é o resultado de escolhas e hábitos de vida. Hábitos saudáveis e vigilância da saúde, de prevenção estão na estrada para o envelhecimento com qualidade de vida. Mas as pessoas tendem a dar menos atenção à saúde e têm menos consultas médicas.

Análise do Centro de Referência em Saúde Humana, em São Paulo, mostra que 70% das pessoas do sexo masculino que estão à procura de um médico, ela teve a influência de mulheres ou crianças. A pesquisa revela também que mais de metade destes doentes são atraso na viagem para o doutor e chegou com a doença em estágio avançado.

Expectativa de vida no Brasil

O povo brasileiro vive, em média, 7,2 anos menos que as mulheres. Entre as causas de morte prematura, são a violência e os acidentes de trânsito, além de doenças do coração e problemas de coração. Por esta razão, o Ministério da Saúde implementou, em 2009, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Um dos principais problema é promover ações de saúde que contribuam para a compreensão da realidade singular masculina e proporcionar um melhor bem-vindo em Um sistema de Saúde (SUS).

Angelita Direito, coordenador, as pessoas da saúde, Ministério da Saúde, mostra a importância de se criar a consciência entre os membros masculinos da importância de cuidar. “É necessário chamar a atenção das pessoas para cuidar de si mesmo. O homem não é um super-herói, deve quebrar o mito de ser forte o tempo todo. Esta cultura não vê-lo fazendo com que as pessoas morrem antes que as mulheres,” ele disse.

Hábitos saudáveis para viver mais

A adoção de hábitos saudáveis, a prática de atividade física regular, uma alimentação saudável e de um uso moderado de bebidas alcoólicas são cruciais para diminuir esses acidentes podem ser evitados. A identificação precoce da doença aumenta as chances de um tratamento eficaz. Bem, alguns testes devem ser parte da rotina das pessoas. “É necessário prestar atenção para o corpo e para ser cuidado os sinais que ele envia. O cuidado deve ser diário. Mudanças nos hábitos alimentares, com menos alimentos gordurosos, e ultra-processados são a chave. Para evitar esse comportamento de risco é a chave para uma vida mais longa e saudável”, disse o coordenador.

Medir a pressão com frequência e manter a taxa de colesterol são importantes para prevenir doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Outro importante a realização de testes relacionados a doenças sexualmente transmissíveis, tais como o teste de HIV, hepatite B (HBsAg) e vírus da hepatite C (anti-HCV).

Saúde para a terceira idade

Pessoas com mais de 50 anos e com os sintomas de problemas na próstata, tais como dificuldade para urinar, jato urinário fraco ou uma sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, você precisa ir ao médico para investigar este problema. É possível que outras doenças, como infecção do trato urinário, causando todos os sintomas. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres.

Para aqueles com história familiar de câncer de próstata (pai ou irmão) antes dos 60 anos, e assintomáticos, a recomendação é consultar um médico, pois somente ele pode orientá-lo quanto aos riscos e benefícios do comportamento exames. As evidências disponíveis mostrou que a realização regular do exame de toque retal e de medição de um CÃO em homens não têm sintomas resultou na redução mínima na mortalidade por câncer de próstata, mas com um importante dano maior na população de seleção, o que leva a uma recomendação para organizar programas de monitorização para este tipo de câncer. Todos os procedimentos devem ser procurada do profissional de saúde, de respeitar os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Outros cuidados, como o auto-exame dos ovos e do pênis, é importante.

HOT GROW AJUDA NA SAÚDE SEXUAL DO HOMEN!

Considerações finais

Recorda-se que o câncer de próstata é considerado a partir do terceiro ano, como de ¾ dos casos acontecem de 65 anos e é o risco maior para aqueles que têm uma história familiar da doença. Ainda existem exames adequados para o monitoramento do câncer de próstata, e o melhor de hoje, a alternativa é manter uma dieta saudável, não fumar, ser fisicamente ativo e visitar regularmente o médico.

Alguns sintomas podem mostrar alterações no sistema reprodutivo, principalmente na próstata. São eles:
• Dificuldade para urinar
• Eu tenho que fazer xixi mais vezes (especialmente à noite)
• Urgência para urinar
• Difícil iniciar ou interromper o fluxo urinário
• Um fraco fluxo de urina, reduzido ou interrompido
• Sensação de vazio incompleto da bexiga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *